Um caminho não tão longo para o amor

Uma drag queen, personagens que já conhecemos, um personagem novo que chega para mexer com as estruturas e um romance… à distância. O spin-off de “Caminho Longo”, de Vinícius Fernandes, lançado na semana passada, traz inúmeras surpresas sobre a história de um protagonista que sofreu muito no drama LGBTQIA+.

Resumindo a Distância” traz Bruno e Natália, suas lembranças de Mateus e suas descobertas. Em uma balada — especialmente no show de uma drag queen –, Bruno conhece Enrico e, ali, se estabelece uma conexão que nem a pandemia do coronavírus romperia.

“Resumindo a Distância” no Kindle (Foto: Alexandre de Almeida)

Vinícius apresenta sua visão de uma relação separada por quilômetros, mas que a internet manteve firme por tempo suficiente para vermos um (merecido) final feliz entre Bruno e Enrico. Até lá, algumas chamadas de vídeo “quentes” e conversas românticas desmancharam os corações leitores de um grupo de pessoas que bateram um papo com o autor no último domingo (23).

A leitura coletiva despertou teorias sobre o que vem pela frente — já que Vinícius deu a entender que a história do Bruno não parou por aqui. Os leitores pediram mais spin-offs, a explicação para alguns acontecimentos e comentaram sobre vários detalhes marcantes desse conto.

Mas um ponto muito importante, e que chamou atenção de todos, foi como o autor tratou a pandemia. A história traz a esperança de seguir em frente que todo mundo precisa ter, sem esquecer da crítica àqueles que agem como se não estivéssemos correndo risco de vida todos os dias há mais de um ano.

Resumindo a Distância” se faz necessário de várias formas, servindo como aconchego e símbolo de luta contra preconceito e hipocrisia. Uma leitura para aquecer o coração e a alma.

Um virginiano falando sobre literatura, séries, música e cultura LGBTQIA + Sendo resistência desde que me entendo por gente.

Um virginiano falando sobre literatura, séries, música e cultura LGBTQIA + Sendo resistência desde que me entendo por gente.